“Bênção de um diabo a seu aprendiz”

“Bênção de um diabo a seu aprendiz”

“Bênção de um diabo a seu aprendiz”

Parodiei o título do livro do grande C.S. Lewis, “Cartas de um diabo a seu aprendiz”, e intitulei este artigo de “Benção de um diabo a seu aprendiz” a partir do telefonema dado por Bergoglio para Biden.

Pois bem, foi amplamente noticiada a ligação feita pelo Papa Bergoglio para o candidato Joe Biden e o envio de uma bênção telefônica. Trata-se, pois, da bênção de um usurpador do Trono de São Pedro a um suposto presidente norte-americano que se diz católico.

Na verdade, por sua postura em defesa do aborto, o senhor Joe Biden está em pecado grave e, por isso mesmo, em 27 de outubro deste ano, o padre Robert Morey, pároco de ST. Anthony Catholic Church, da Diocese de Charleston (Carolina do Sul), negou-lhe a Eucaristia.

Bom, pode ser que eu cause mal estar a alguns católicos por chamar o sr. Jorge Bergoglio de um diabo e um velho diabo a exemplo do Fitafuso ou Maldanado de C.S. Lewis.

Mas, desde já, esclareço: na verdade existe uma injustiça flagrante em relação ao personagem de Lewis. Fitafuso ou Maldanado é um diabo inteligente e divertido, ao contrário de Bergoglio, um diabo velho, vulgar e entediante.

As agendas de Bergoglio e Biden, seu aprendiz abençoado, todavia, convergem: da “conversão ecológica”, “espiritualidade amazônica” à suposta preocupação com os pobres, passando pelo mundialismo e a fraternidade universal.

Se entendem também com relação ao moderno credo anticristão como, por exemplo, o aborto. Bergoglio facilitou a absolvição dos abortistas; Biden, uma vez empossado presidente dos EUA, quer transformar o aborto em lei federal e estendê-lo a todo país.

De mais a mais, pode causar estranheza o que um quase presidente americano, quase no inferno, pode aprender com um papa herético que o abençoa…

É aqui onde termina este texto, pois o aprendizado entre demônios é secreto e nós só saberemos o que o “abençoado” pupilo de Bergoglio fará realmente no decorrer dos anos.

P.S.: Fitafuso ou Maldanado, dependendo da tradução, é o nome dado por Lewis ao diabo experiente que ensina a um demônio mais novo, Vermebile ou Vermelindo(o nome também depende da tradução), as diabruras.

Leia também:

Bento XVI, a ditadura do relativismo e a destruição da ideia de direito.

About Post Author

Luís Fernando Pires Braga

Advogado.

Recent Comments

  • ODILON ROCHA

    Excelente texto.
    Curto, profundo e verdadeiro.
    É vergonhoso. Jamais pensaríamos assistir tamanha desfaçatez, canalhice de quem se diz a maior autoridade católica (??) do mundo.
    Deus tem representante no inferno? Sim, alguém que faça um bom trabalho de convencimento, àquelas almas perdidas, no intuito de se melhorarem.
    Se sim, o “papa” com certeza não é esse representante.

    • guedesebraga

      Obrigado, Odilon.

      Muito bem observado.

      Bergoglio parece representar somente os erros de Pedro, o primeiro Papa.

      Em Mateus, capítulo 16, versículo 23, temos uma grave advertência do Cristo a Pedro sobre os erros dele acerca das Coisas Divinas:

      “Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: para trás de mim, satanás, que me serves de escândalo, porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.”

      Pois bem, é nessa situação acima que se encontra o ministério petrino de Bergoglio.

      De: Luís Fernando Pires Braga

Leave Comments

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos sites, você concorda com tal monitoramento. Criado por WP RGPD Pro