Declínio cultural, religioso e depravação. Os exemplos do “natal do Porta dos fundos” e do “Cuties”.

Declínio cultural, religioso e depravação. Os exemplos do “natal do Porta dos fundos” e do “Cuties”.

Declínio cultural, religioso e depravação. Os exemplos do “natal do Porta dos fundos” e do “Cuties”.

“Nenhuma cultura surgiu ou se desenvolveu a não ser acompanhada por uma religião: de acordo com o ponto de vista do observador, a cultura aparecerá como produto da religião, ou a religião como produto da cultura”

“A sensibilidade artística emprobece-se em virtude de seu divórcio da sensibilidade religiosa”

T.S. Eliot em “Notas para a definição de cultura”

O declínio do cristianismo no ocidente trouxe consigo a derrocada moral.

A cultura foi um dos meios da propagação do cristianismo. Livros, arte sacra, música, arquitetura, o melhor era construído e, com isso, a elevação espiritual, moral até fundar a própria civilização ocidental através da Igreja Católica.

Apartada da fé cristã, a cultura contemporânea é um misto de vazio intelectual e depravação!

Cultura, ressaltemos, num sentido amplo, “no padrão da sociedade como um todo”, como ensinava T.S. Eliot.

Se havia um predomínio do cristianismo nas sociedades ocidentais e a cultura seguia esse padrão, hoje observamos que isso vai se perdendo cada vez mais. De ataques a Nosso Senhor Jesus Cristo à erotização de crianças…

Não precisamos ir longe para atestar esse estado de coisas. Basta ligar a televisão ou acessar a internet: filmes como aquela aberração sobre Jesus Cristo produzida pelo “Porta dos fundos” e agora esse “Cuties”, ambos veiculados pela Netflix, são exemplos!

Essa decadência obscena era algo que vinha crescendo na cultura ocidental, como observou C.S. Lewis no século XX, e hoje se espalha facilmente por causa da indústria do áudio-visual que, por si só, é o meio intelectual mais fraco do conhecimento, menos qualificado e escravizador de mentes!

Numa histórica entrevista, ao ser perguntado se o uso da vulgaridade e da obscenidade eram necessários na literatura, Lewis respondeu:

“Não. Eu considero esse fenômeno um sintoma ou um sinal de uma cultura que perdeu a fé. O colapso moral segue o colapso espiritual…”

Para ler o artigo “”Homens ocos” de T.S. Eliot. A atualidade de uma obra-prima literária.”, clique aqui.

# Declínio cultural, religioso e depravação

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

About Post Author

Luís Fernando Pires Braga

Advogado.

Recent Comments

  • ODILON SILVEIRA SANTOS ROCHA

    Excelente.
    Sintético e amplo, no sentido de verdadeiro.

  • Eurico Alves Monteiro Neto

    Eu fico pensando o que essas pessoas ganham em atacar uma entidade secular?? que é a base da nossa sociedade ocidental? É de um negasionismo irracional, se existem erros ou equívocos? apresente-os, agora procurar, ridicularizar com o único intuito de enfraquecer e quem sabe posteriormente destruir a religião….

    • guedesebraga

      Penso que se ataca os valores judaico-cristãos que formaram o ocidente porque esses valores são um obstáculo para se implantar por completo o relativismo, pois o conceito tradicional de família e os valores cristãos são um empecilho para que as agendas relativistas se instalem por completo no mundo. Trocaram A verdade (Deus) pelas plúrimas verdades (deuses). O resultado não pode ser bom.

Leave Comments

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos sites, você concorda com tal monitoramento. Criado por WP RGPD Pro