Quando São Francisco e um Papa foram vencidos pelo diabo e a Lógica: a incoerência é fatal

Quando São Francisco e um Papa foram vencidos pelo diabo e a Lógica: a incoerência é fatal

 Quando São Francisco e um Papa foram vencidos pelo diabo e a Lógica: a incoerência é fatal

Foi na Divina Comédia. Guido da Montefeltro era homem de armas, violento e ardiloso. O Papa Bonifácio VIII o ajuda a ganhar uma guerra fraudulentamente e ainda lhe dá prévia absolvição. Montefeltro, ao final da vida, torna-se frade franciscano. O diabo com lógica invencível reconhece os seus e colabora com a justiça.
Assim se deu o inusitado fato dantesco:

Veio por mim Francisco, no momento da minha morte, mas um dos danados anjos surgiu: “Não obstes meu intento!

Pra baixo ele virá c’os meus penados, por ter sido de um dolo conivente, desde o qual o retenho aos meus cuidados;

Que não pode absolver-se o impenitente, nem pode o arrependido inda querer, pela contradição que o não consente

Pobre de mim! Como me fez tremer quando me tomou dizendo: “Ó réu que tal lógico eu fosse podias crer”

Assim, o cruel e impenitente Guido da Montefeltro foi levado. A Suprema Justiça foi alcançada.
Como dizia Malebranche: “É preciso sempre fazer justiça antes de exercer a caridade.”

P.S.: A lógica é a ciência do pensamento. Ela estabelece se a ideia, representação Intelectual do objeto, é verdadeira ou falsa. Caso a ideia seja contraditória, ou seja, que tenha elementos que se excluem mutuamente, necessário se faz dissipar essa confusão. Exemplo: um triângulo redondo.

About Post Author

Luís Fernando Pires Braga

Advogado.

Leave Comments

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos sites, você concorda com tal monitoramento. Criado por WP RGPD Pro