Reforma administrativa e os impactos no servidor público

Reforma administrativa e os impactos no servidor público

Reforma administrativa e os impactos no servidor público

O governo federal encaminhará ao Congresso Nacional, nos próximos dias, uma proposta para a reforma administrativa. E como não podia deixar de ser, haverá impactos no servidor público.

Esse tema interessa não apenas ao servidor público, mas a todos os brasileiros, pois o serviço público é custeado com recursos provenientes dos tributos.

Bom conhecer várias óticas sobre a reforma administrativa. Um desses olhares está no vídeo criado pela Fundação Getúlio Vargas, na sua série Bate-papo FGV, com o professor Carlos Ari Sundfeld.

A quem interessar, colocamos o link do vídeo abaixo.

Resumo da apresentação do vídeo apresentado pelo produtor do vídeo:

O governo retomou a Reforma Administrativa, que racionaliza a vida do servidor público. No entanto, o grande problema do país não é a quantidade de servidores, que é semelhante aos padrões internacionais. O gargalo é a desigualdade no setor público, onde há carreiras de elite, nas quais esses servidores ganham muito e possuem grandes benefícios. Por outro lado, existem as carreiras proletárias dos servidores públicos, principalmente na educação e saúde, a maioria nos municípios, com baixos salários

Procuraremos, em outras postagens, trazer outros pontos de vista com o intuito ampliar o debate.

Para leitura de texto sobre os quintos dos servidores públicos, clique aqui.

Para acesso ao texto da Constituição Federal, clique aqui.

About Post Author

guedesebraga

Recent Comments

  • Eurico Alves Monteiro Neto

    Os servidores públicos são parte essencial para o desenvolvimento de qualquer país, contudo, no Brasil, lamentavelmente foram elevados a uma categoria de marajás, parafraseando um antigo presidente, muito salário, direitos adquiridos, os mais “antigos” tem salários acima do teto, jornada abaixo das 6 horas, dentre outras aberrações…. Conheço servidores que faltam todas as sextas feiras, pois dizia ele que para ser demitido teria que ter 60 faltas sem justificativas por ano, como o ano não tem 60 semanas….. Já dizia um velho professor meu, “…se quer estabilidade, vá ser servidor público, se quer salario alto, vá para o setor privado, ou dois??? você está no paraíso….” não podemos manter uma parte da população no paraíso….. existe monarquia no Brasil???

  • Os últimos 10 anos do PIB brasileiro - Guedes & Pires Braga Advocacia

    […] Para assistir ao vídeo da FGV sobre a reforma administrativa, clique aqui. […]

Leave Comments

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos sites, você concorda com tal monitoramento. Criado por WP RGPD Pro