A vitória da vida no Julgamento do caso Tafida Raqeeb

A vitória da vida no Julgamento do caso Tafida Raqeeb

A vitória da vida no Julgamento do caso Tafida Raqeeb

Os pais da menina Tafida obtiveram uma vitória jurídica histórica no Reino Unido e vão poder levar sua filha para um novo tratamento na Itália.

Como bem disse Caroline Farrow da CitizenGO: “uma sentença histórica que defende a dignidade da vida humana.”

O Dr. Anthony McCarthy, direror da SPUC, a organização mais antiga em defesa da vida, também disse: “a sentença do tribunal envia uma mensagem importante aos médicos do Royal London Hospital de que sua visão da vida de Tafida estava errada.”

Conforme havíamos mencionado em comentário anterior (Direito religioso e Laicismo doentio: O Caso Tafida Raqeeb), havia a possibilidade de desconexão do suporte médico que a mantinha viva e, ademais, queriam impedir que os pais dela a representassem em Juízo por causa da religião e por ser, supostamente, uma causa perdida a vida da criança.

Além da decisão judicial favorável, o caso é simbólico e representa todos aqueles que acreditam no bom combate e na inviolabilidade da vida humana em qualquer circunstância.

As virtudes da perseverança e da esperança deram a última palavra.

A famosa frase de Edmund Burke também pode ser lembrada: “Para o triunfo do mal só é preciso que os bons homens não façam nada.”

Realmente, não se pode fazer tratos com a maldade. Mesmo naquilo que, talvez, seja uma causa perdida, não se pode desistir.

Houve casos judiciais semelhantes a esse da menina Tafida que terminaram com a morte do paciente, a exemplo do francês Vincent Lambert que teve seu suporte vital desconectado.

As perseguições, a ditadura do relativismo, o laicismo doentio e a cultura de morte continuarão.

Mas, como certa vez disse T.S. Eliot:

“Combateremos por causas perdidas porque sabemos que nossa derrota e desalento podem ser o prefácio da vitória de nossos sucessores, ainda que tal vitória seja temporária, Combateremos antes para manter algo vivo do que na expectativa que algo venha a triunfar.”

Para ler outro texto sobre o caso Tafida, clique aqui.

Para ter acesso a outros textos do blog, clique aqui.

About Post Author

Luís Fernando Pires Braga

Advogado.

Recent Comments

Leave Comments

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos sites, você concorda com tal monitoramento. Criado por WP RGPD Pro